2017: O ano que começa sem planos

Esse finalzinho de 2016 me fez um convite bem claro: Pare tudo, mas tudo mesmo! Está na hora! E mesmo sem entender porque ficava cada dia mais difícil responder perguntas como "e esse Natal?", "e essas viagens?", "e janeiro?"... A resposta que ecoava em mim era um enorme "Não sei.". A cada dia essa sensação … Continue lendo 2017: O ano que começa sem planos

Anúncios

Faça-se ouvir!

Em 2016 eu decidi que não mais me calaria. Que não mais ia me permitir ter vergonha de ser quem sou, de sentir o que sinto, de pensar o que penso. E foram 12 meses tirando de mim todos os medos que essa decisão me trazia. Medo de ser julgada, de perder a credibilidade, de ficar sem trabalho e sem dinheiro. Medo de ficar sozinha...